Porque os clássicos nunca morrem

19 de abril de 2010

Edith Head

Com 2 Comentarios

Edith Head foi uma das maiores figurinistas de Hollywood. Seu trabalho é referência para os figurinistas e estilistas. Vestiu atrizes conceituadas como Audrey Hepburn, Grace Kelly, Elizabeth Taylor dentre outras.


Um dos seus primeiros trabalhos foi com Clara Bow, em Wings (1928).


Depois, não parou mais, fazendo figurinos para milhares de filmes da Paramount e, depois, da Universal.


Com uma carreira vencedora, concorreu 35 vezes ao Oscar de melhor figurino, vencendo 8 delas.


Vejam os vencedores:
The heiress (1949)

Sansão e Dalila (1950) - Figurino colorido em filme

A malvada (1950) - Figurino em preto e branco

Um lugar ao sol (1951)

A princesa e o plebeu (1953)

 
Sabrina (1954)

The facts of the life (1960)

The Sting (1973)

Outros famosos figurinos criados por ela:


Crepúsculo dos deuses (1950)

O maior espetáculo da Terra (1952)


Cinderela em Paris (1957)
Alfred Hithcock fã de seu trabalho, não deixando de tê-la em muitos de seus filmes. Veja alguns exemplos:

Janela indiscreta (1954)

Um Corpo que cai (1958)

Os Pássaros (1953)

Ela escreveu um livro sobre como se vestir com estilo, publicado em 1967, intitulado Como se vestir para o sucesso.

Para finalizar, a Pixar não deixou de homenagear esta talentosa figurinista com a personagem Edna da animação Os Incríveis. Que bela homenagem!

+1

2 comentários:

SÔNIA disse...

Bela homenagem a esta grande estilista. Que soube ser sensata ao vestir cada atriz ou ator. Valorizando não só o figurino, mas a personalidade de cada um. Unindo o Glamour e a sofisticação da chamada era de ouro do cinema.

Marcia Moreira disse...

Sônia, a primeira vez que li sobre ela foi em um CD-ROM que eu tenho sobre cinema e que eu guardo com muito carinho. Só o fato de ter ganhado oito Oscars já dá pra imaginar quanta dedicação e talento esta figurinista tinha.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial