Porque os clássicos nunca morrem

12 de abril de 2010

As Vinhas da Ira

Com 1 Comentario

As Vinhas da Ira é uma obra escrita por John Stenbeck, que virou um filme em 1940 nas mãos do grande diretor John Ford.


Conta a história de uma família pobre de Oklahoma, os Joad, que, durante a Grande Depressão de 1929, se vê obrigada a abandonar suas terra, em que habitava havia décadas. Os donos originais destas terras vieram trazendo o progresso, ou seja, máquinas e tratores em troca da mão de obra obsoleta.


O filho mais velho, Tom Joad, vivivido por Henry Fonda, regressa em casa depois de sua estadia na prisão, reencontrando sua família já preparada para abandonar sua terra.


Com o pouco dinheiro que lhe resta, a família Joad adquire um velho caminhão e viajam para Califórnia, coma a esperança de encontrar uma boa terra e recomeçar sua vida.

 

Esta esperança, no entanto, se torna frustrada, pois a família percebe que o trabalho que existe é pouco e mal-remunarado, o que obriga uma maioria de emigrantes a viver em acampamentos temporários ao longo da estrada, sujeitando-se à sujeira e à mão de obra barata.

 

 

Esta é uma bela obra de arte que narra os aspectos gerais do problema da Grande Depressão, bem como a miséria humana.

"A Grande Depressão foi uma grande crise econômica que teve início em 1929, persistindo ao longo da década de 1930. Ela é considerada o mais longo e pior período de recessão econômia do século XX, causando altas taxas de desemprego, quedas drásticas do Produto Interno Bruto de diversos países, como também quedas drásticas na produção industrial, preços de ações dentre outros."
 Fonte: A Wikipédia


Assistam ao trailer do filme:


 

+1

1 comentários:

Ana disse...

Filme maravilhoso que propicia muitas reflexões. Destaque para a atuação de Henry Fonda e Jane Darwell.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial