Porque os clássicos nunca morrem

25 de maio de 2010

Os nossos eternos Robin Hoods

Com 2 Comentarios
Douglas Fairbaks, Robin Hood, 1922

Errol Flynn, As aventuras de Robin Hood, 1938

John Derek, Rogues of Sherwood Forest, 1950

Richard Tood, The story of Robin Hood and his merrie men, 1952

A raposinha, Robin Hood (Disney), 1973

Sean Connery, Robin and Marian, 1976

Kevin Costner, Robin Hood, o príncipe dos ladrões, 1991

Patrick Bergin, Robin Hood (TV), 1991

Carl Elwes, Robin Hood: men in tights, 1993

Russel Crowe, Robin Hood, 2010
  

+1

2 comentários:

Júnia L. disse...

Até Cate Blanchett disse sonhar em ser Robin Hood e não Lady Marian...

Marcia Moreira disse...

Hiii!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial