Porque os clássicos nunca morrem

13 de maio de 2010

Curiosidades do Oscar (4)

Com 0 Comentario

Peter Weller, Sean Astin, Jeff Goldblum e Griffin Dunne já foram indicados ao Oscar. Mas não na categoria de atores, e sim na de documentários.

Katharine Hepburn foi indicada doze vezes ao Oscar e é detentora do título de atriz que mais vezes ganhou (foram quatro vitórias, todas como protagonista). Mas o recorde de indicações é de Meryl Streep, que já acumula 15, tendo apenas dois (um deles como Coadjuvante).

Apenas outros três intérpretes chegaram na marca dos três Oscars: Jack Nicholson (dois como Ator, um como Coadjuvante), Ingrid Bergman (dois como Atriz, um como Coadjuvante) e Walter Brennan (todos como Coadjuvante).
Walt Disney é a pessoa que mais ganhou Oscars – e dificilmente perderá o título. Foram 64 indicações, das quais saiu vitorioso 22 vezes.

Woody Allen já foi indicado dezenove vezes ao Oscar, mas apenas em uma dessas ocasiões como ator (as demais nomeações se dividem entre direção e roteiro). Ele é, com folga, o roteirista mais vezes indicado.

O grande perdedor do Oscar é Peter O’Toole. Concorreu oito vezes como Melhor Ator e não ganhou nenhuma. Recebeu, porém, um prêmio honorário em 2003. Entre as mulheres, as recordistas de indicação sem ter ganhado nenhum Oscar são: Deborah Kerr (indicada seis vezes) e Thelma Ritter (também indicada seis vezes, todas como Coadjuvante).

Já esses aqui nunca perderam o Oscar: Luise Rainier, Vivien Leigh, Helen Hayes, Sally Field, Hilary Swank e Kevin Spacey tem dois Oscars cada – das duas únicas indicações que receberam.


Patty Duke, Tatum O’Neal e Anna Paquin ganharam como Atriz Coadjuvante quando ainda eram menores de idade. Duke tinha 15 anos, O’Neal tinha 10 e Paquin tinha 11. Tatum ainda detém o recorde de mais jovem vencedora de um prêmio competitivo. Já Shirley Temple ganhou um Oscar Honorário aos 6 anos de idade! O extinto Prêmio Juvenil foi dela em 1934.

Timothy Hutton se tornou o mais jovem ator a ganhar um Oscar. Ele tinha dezenove anos quando foi eleito o Melhor Coadjuvante por Gente como a Gente, em 1980. É nessa categoria que está também o mais jovem indicado de todos os tempos, Justin Henry (concorreu por Kramer vs. Kramer quando tinha oito anos).

Jessica Tandy ganhou o Oscar de Melhor Atriz em 1989 por Conduzindo Miss Daisy, se tornando a mais velha vencedora de um Oscar (tinha 81 anos na ocasião).

Henry Fonda foi indicado pela primeira vez como Melhor Ator em 1940, pelo filme As Vinhas da Ira. Mas só veio a ganhar por Num Lago Dourado em 1981, quando tinha 76 anos. Isso o tornou o ator mais velho a ser premiado na categoria, e fez-se também o maior hiato desde a primeira indicação até a vitória.

George Burns (Uma Dupla Desajustada, 1975) e Peggy Ashcroft (Passagem para a Índia, 1984) são os mais velhos a ganhar como Coadjuvantes (80 e 77 anos, respectivamente).

Gloria Stuart, com 87 anos, teve a chance de tirar o recorde de Jessica Tandy, quando foi indicada ao Oscar de Coadjuvante pelo filme Titanic (1997). Não ganhou e se contentou com o título de a mais velha atriz a ser indicada ao Oscar.

Aconteceu Naquela Noite, Um Estranho no Ninho e O Silêncio dos Inocentes são os únicos filmes a vencer os cinco Oscars principais. Saíram vitoriosos em Filme, Direção, Roteiro, Ator e Atriz.

Além dos três filmes citados acima, Rede de Intrigas, Num Lago Dourado e Melhor é Impossível também tiveram o Melhor Ator e a Melhor Atriz dos seus respectivos anos.

Só dois filmes ganharam Oscar em três das quatro categorias de atuação: Uma Rua Chamada Pecado (Atriz, Ator Coadjuvante e Atriz Coadjuvante) e Rede de Intrigas (Ator, Atriz e Atriz Coadjuvante).

Ben-Hur, Titanic e O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei são os filmes que mais levaram Oscars (onze no total). Os recordistas em indicações são A Malvada e Titanic, com catorze nomeações cada.

Já os maiores perdedores foram A Cor Púrpura e Momento de Decisão. Ambos foram indicados a onze Oscars e saíram com as mãos abanando! Ui.


Bob Hope nunca foi indicado a nenhum Oscar, mas foi o apresentador oficial da festa durante muitos anos, e por isso recebeu cinco estatuetas honorárias.

O Tigre e o Dragão, de Taiwan, foi mencionado em dez categorias e se tornou, em 2002, o recordista de indicações para um filme falado em Língua Estrangeira.

+1

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial