Porque os clássicos nunca morrem

3 de maio de 2010

I am a fugitive from a Chain Gang

Com 0 Comentario

Sou meio suspeita em falar de Paul Muni, um dos meus atores favoritos. 

Nesta último sábado, assistia a O fugitivo (1932), cujo título original é I am a fugitive from a Chain Gang. É um filme que denuncia as condições de tratamento desumanas nas prisões americanas daquela época, em que os condenados executavam trabalhos forçados.

Este filme concorreu a três estatuetas do Oscar nas categorias: Melhor Filme, Melhor Ator (claro, Paul Muni) e Melhor Som.

 

Paul Muni interpreta um veterano da I Guerra Mundia, James Allen, que retorna pra casa e reencontra sua família.


 

Mesmo com um emprego garantido, James decida se tornar um engenheiro na construção civil. Mas, para isso, precisaria viajar e conseguir se estabelecer profissionalmente.

Na cidade grande, James se envolve em um grande: sendo forçado a cometer um assalto, foi preso em flagrante e condenado a 10 anos de trabalhos forçados.




Percebendo o tratamento desumano oferecido aos condenados, James resolve fugir com a ajuda de um amigo da prisão. De herói de guerra a um fugitivo penitenciário.


 

Com um nome falso, James consegue um emprego em uma construtora civil. Os empresários, percebendo uma grande competência profissional, promove-o a um cargo de supervisão. Com isso, o fugitivo agora se tornou um próspero homem.

Agora que se tornou um "cidadão decente", James se envolve em mais um problema: sua esposa, Marie, descobre que é um fugitivo penitenciário e o chantageia, caso ele termine o casamento com ela.


Mesmo com este problema, James finalmente conhece o amor de sua vida, Hellen. Mas ainda está casado com Marie, que vive de aparências. Mesmo assim, James não aguenta mais e pede o divórcio, correndo o risco de ser desmascarado. Com isso, Marie o entraga à polícia, voltando aos trabalhos forçados até cumprir definitivamente a sua pena.

Chicago, a cidade onde vivia e trabalhava, estava ao lado de James devido aos seus bons serviços prestados. Com isso, deu-se início ao julgamento de seu indulto, porém foi negado, levando James a mais uma desilusão.
James não aguenta mais tanto sofrimento, levando a fugir novamente, tornando-se um fugitivo pelo resto da vida.






Vejam o trailer do filme:

+1

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial