Porque os clássicos nunca morrem

27 de maio de 2010

Código de conduta

Com 6 Comentarios

Sabadão à noite, depois de uma dia de estudos, estava em minha casa quando meu namorado chegou com o DVD do filme Código de conduta. Pedimos umas esfirras e, depois, colocamos o filme pra rodar. Terminado o filme, digo que nunca fiquei tão plepexa por um filme atual como este. Este filme chegou nos cinemas brasileiros em novembro do ano passado e só agora que estou assistindo.

Não vou perder mais tempo, a história trata de um cientista-inventor chamado Clyde Shelton (Gerard Butler). Em uma noite, sua casa foi invadida por dois bandidos que, não satisfeitos em apenas assaltar, matam a esposa de Clyde e sua pequena filhinha.


O promotor Nick Rice(Jamie Foxx) cuidou do caso de Clyde, que, para que o assassino deletasse seu comparsa, foi feito um acordo para que ficasse menos de dez anos na cadeia. Para Clyde, isso não é justiça, é o desvio da moral da Lei. Nick diz que "é assim que funciona a justiça.


Não satisfeito, Clyde planejou, durante dez anos, a vingança para todos os que prejudicaram a sua vida, em especial, o assasssino de sua família. Foi preso por matar o bandido de forma bem cruel.


Na cadeia, Clyde põe o seu plano em prática. Ele não só quer se vingar daqueles que o prejudicaram, mas também da própria Justiça americana e sua corrupção.
É um filme que ninguém sabe quem é o mocinho e o bandido. Mas acredito que o grande vilão é a própria Justiça americana. Confesso que o filme me prendeu, sempre ficava apreensiva à espera da próximo passo de Clyde. Nós não podemos fazer justiça com as próprias mãos, bem que Clyde tentou, não sei se abriu os olhos do promotor ou não, mas, se tivesse uma continuação, como que Nick tomaria suas decisões?


Assistam ao trailer do filme:

+1

6 comentários:

Júnia L. disse...

Assisti Codigo de Conduta, nao vou dizer que seja o melhor filme que já vi, mas a história não deixa de ser interessante.
O filme desnuda as falhas do sistema judicial e mostra claramente como banditos fazem acordos monstruosos com a justiça.
uma película que tinha tudo para ser bem bacana mas que se perde no decorrer da história, uma pena!!!!

@Raspante disse...

Mesmo não gostando muito do estilo, fiquei bastante interessado!

Marcia Moreira disse...

Gostei do filme, mas não é o melhor que já assisti. Vale a pena para um final de semana com pipoca.

Anônimo disse...

Muito bom esse filme ,

sidney disse...

to vendo agora . parece bom! comento depois.

Anônimo disse...

mostra como o amor poder levar a virada radical de uma vida estavél ............... ass leonard stifler

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial