Porque os clássicos nunca morrem

18 de julho de 2010

Edith Piaf no filme "O resgate do soldado Ryan

Com 2 Comentarios

Hoje de manhã, estava assistindo O resgate do soldado Ryan para o meu trabalho de pós-gradução quando me deparei com esta cena: a dos soldados americanos apreciarem Edith Piaf cantando Parte Es Tuout em uma vitrola de época. Gostei muito da cena e também de que o diretor, Steven Spielberg, tenha escolhido uma cantora que estava fazendo sucesso naquela época, mesmo durante a Segunda Guerra Mundial. Conferem a cena e aproveitem também para assistirem ao filme que é muito bom.

+1

2 comentários:

Sônia disse...

Eu não gosto muito de filmes de guerra. Mesmo sendo dirigido pelo Steven Spielberg que é um ótimo diretor. A cena da Edith Piaf é mesmo muito legal.... Um abraço

Será que dá pra postar alguma coisa sobre o Indiana Jones. Eu tava vendo por acaso a trialogia dele E prestando atenção já fazem uns 32 anos que o primeiro filme sobre ele foi feito.

Marcia Moreira disse...

Oi, Sônia, obrigada pela sua visita.
Gosto de alguns filmes de guerra, não pelas cenas sanguinárias, mas pelo fato de se tratar de história pura. Não gosto daqueles que dão mais vazão à política como Lawrence da Arábia.

Sobre Indiana Jones, estava realmente pensando sobre isto. A trilogia passou ontem à noite, não foi. Estava com meu namorado assistindo também.

Um abraço!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial