Porque os clássicos nunca morrem

7 de junho de 2010

Stewart Granger

Com 2 Comentarios

Na década de 1950, James Lablache Stewart, mais conhecido pelo seu nome artístico de Stewart Granger, começava a aparecer com mais frequência em filmes hollywoodianos, trabalhando ao lado de grandes estrelas como Deborah Kerr, Jane Leigh, Rita Hayworth dentre outras. A primeira vez que o vi, claro, foi no TCM em Scaramouche. É um filme que assistiria várias vezes por causa da interpretação cômica deste ator britânico, naturalizado americano.

Perceberam o nome de nascimento dele? Pois é, por pouco, não seria mais um James Stewart no cinema, mas ele optou por escolher um nome artístico para não dar confusão, não é? Mas nos sets era conhecido por “Jimmy”.


Começou a carreira de ator na década de 1930, prosseguindo na década de 1940 ainda bem desconhedico. Um de seus filmes foi com a também inglesa, Vivien Leigh, Caesar e Cleópatra (1945).


Como disse, fez muito sucesso na década de 1950 em diversos filmes de Hollywood, em alguns deles como o herói espadachim, podendo ser até o sucessor de Errol Flyn nestes tipos de filmes. Vejam os mais conhecidos: 
As minas do rei Salomão (1950)

Scaramouche, meu favorito (1952)
O prisioneiro de Zenda (1952)

Salomé (1953)

Young bess (1953)

All the brother were valiants (1953)

Green fire (1954)
Na década de 1960, perdeu espaço no cinema americano, fazendo com que ele voltasse para a Europa naquela época. Fez mais alguns filmes, dentre eles, Rampage at Apache Wells (1965).


Encerrou a carreira em filmes já no início da década de 1970, mas deixou um pouco mais de seu talento para TV em The hound of the Baskerwille (1972), no papel de Sherlock Holmes.


Faleceu em 1993, vítima de câncer, aos 80 anos de idade. Deixou-nos um bom trabalho em excelentes filmes para as nossas sessões com pipoca.

+1

2 comentários:

M. disse...

Realmente os filmes deste ator vale à pena ver de novo!

Rosemary disse...

O meu preferido com Stewart Granger
é As Minas Do Rei Salomão,um clássico
do cinema de aventura.
E ele era lindoooooooooooooo!!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial