Porque os clássicos nunca morrem

25 de maio de 2012

Meryl Streep encontra Jean Arthur

Com 5 Comentarios


Gladys Georgianna Greene, mais conhecida pelo nome artístico Jean Arthur, um dia, conheceu a futura brilhante atriz Meryl Streep. Sabem como?
Jean Arthur brilhou na década de 1930 contracenando com grandes astros daquela época, em especial, Gary Cooper e James Stewart.


Seu último papel no cinema foi em 1953 em Shane. Nesse filme, interpretou Marian, uma dona de casa cujo filho, Joey, fazia amizade com um pistoleiro solitário (e roubava as cenas: "Shane, come back!").


Aposentada das telas, mas não longe da sétima arte, começou a lecionar artes dramáticas no Vassar College e, na década de 1960, uma de suas alunas foi a futura ganhadora de Oscars (17 indicações no total e três vitórias) Meryl Streep. Quem imaginaria que uma grande atriz e uma futura grande atriz estariam frente a frente um dia, uma ensinando a outra.

+1

5 comentários:

Alan Raspante disse...

Por isso que ela é uma grande atriz... Com essa professora também, rs

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Que notícia curiosa, Márcia. Sorte da Meryl. A Jean é fabulosa. Como Meryl, se saia bem em dramas e comédias.

O Falcão Maltês

Nadja disse...

Oi!

Que espaço gostoso, aconchegante! Dorei! Tragam o meu chocolate quente, please!(rs)
Vou dar uma xeretada aos poucos, tá?


Bjksss

Nadja disse...

Penso que essas duas atrizes talentosas tiveram a sorte de encontrar-se! Sei lá se foi sorte ou destino mesmo! No final quem saiu ganhando fomos nós!
Shane, que filme lindo! Saudade!

Bjksss

Marcia Moreira disse...

Olá, Nadja.
Fico feliz que tenha gostado deste espaço. Fique à vontade.

Beijos, Má.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial