Porque os clássicos nunca morrem

17 de setembro de 2010

Bastidores (3)

Com 1 Comentario
Um bonde chamado desejo (1951)


Quanto mais quente, melhor (1959)


A um passo da eternidade (1953)


A grande corrida (1965)


O galante Mr. Deeds (1936)


Inferno na torre (1974)

+1

1 comentários:

alan raspante. disse...

Muito bacana todas as fotos Márcia. Fiquei abismado com a 'parte técnica' no filme "Quanto mais quente melhor", impressionante tudo o que precisava para se fazer uma cena...

Abs. =D

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial